• VITTAL FISIO

Por Ms.Thiago Susin: Síndrome do Impacto do Quadril (SIQ)

Dor no quadril, desconforto na lombar. Quem nunca sentiu?



Mas você já ouviu falar em Síndrome do Impacto do Quadril (SIQ) ou Impacto femoroacetabular)? Geralmente, as pessoas que sofrem com isso têm aquelas dores na virilha, lateral da coxa, glúteos e, em alguns casos, lombar. Mas sabe o que é? E quais os tipos existentes?




Essa semana vamos aprender um pouco sobre essa patologia. Na publicação de hoje, iremos compartilhar as estruturas que compõem o quadril e suas alterações ligadas à SIQ.

Quadril é uma articulação que faz a conexão entre o tronco e o membro inferior do indivíduo. Dois ossos se articulam, a pelve (acetábulo) e o fêmur (cabeça/ colo do fêmur), além deles temos os outros tecidos que fazem parte desse complexo, como labrum, capsula, ligamentos, músculos e fáscias.



Dito isso, você vai entender melhor os 3 tipos de SIQ:

CAM: Existe uma deformidade entre o colo e a cabeça do fêmur (tipo um calo) que fica batendo no acetábulo durante certos movimentos.

PINCER: Há uma formação óssea/ cartilaginosa excessiva no acetábulo tornando-o mais profundo ou retrovertido (virado para trás) causando o impacto.

MISTO: Quando há a soma dos tipos CAM e PINCER e é a forma mais comum.




Então, é por isso que dói? E, quanto pior for a lesão, pior vai ser o quadro do paciente?

Calma, lá! No próximo post, vamos ver que não é bem assim. Quando falamos do corpo humano, as coisas não são tão diretamente proporcionais (ainda bem!).
















Texto feito pelo nosso fisioterapeuta e osteopata, Thiago Susin.

4 visualizações
  • Vittal Fisio | Facebook
  • Branca Ícone Instagram