• VITTAL FISIO

Dores Lombares - Lombalgia | PARTE 1

Um mal mundial


A maioria das pessoas já sentiu alguma dor nas costas e até mesmo incapacitado de desempenhar atividades básicas decorrente da dificuldade de movimentação. Uma pesquisa divulgada em 2018 pela revista científica The Lancet no Reino Unido diz que cerca de 540 milhões de pessoas sofre ou já sofreu de dor lombar. Além disso a lombalgia é a segunda causa de visitas aos consultórios médicos segundo a OMS e só no Brasil é responsável por cerca de 6% dos casos de afastamento de trabalhadores segunda o INSS.


A estrutura cervical


A coluna vertebral é responsável por sustentar o corpo em pé além de conter o sistema nervoso central e periférico localizado na medula espinhal contida no canal medular. A coluna vertebral é formada por ossos chamados de vértebras. Cada vértebra é coberta por uma fina camada de cartilagem além de discos de absorção de impacto acolchoados constituídos por um material gelatinoso e fibrocartilagem.


As vértebras também são ligadas umas às outras através de músculos e ligamentos. Na lateral de cada vértebra se encontra dois músculos iliopsoas além de dois músculos eretores que se estendem até a parte posterior da coluna vertebral e músculos paravertebrais que correm entre as vértebras. Outros músculos como os abdominais também auxiliam na estabilização da coluna vertebral.


Virar, se curvar e girar são movimentos realizados com a ajuda da coluna vertebral inferior que conecta o tórax a pélvis e pernas além de proporcionar a força necessária para ficar parado, andar e levantar-se.


Lombalgia


Sintomas


A lombalgia é caracterizada por dor na região lombar. Essa dor é irradiada por uma ou ambas as nádegas e/ou para as pernas na distribuição do nervo ciático. Dependendo do período de duração das dores pode ser aguda com duração de até 3 semanas, subaguda ou crônica com duração maior que 3 meses.


Causas


Geralmente as causas são relacionadas a má postura, incluindo a forma de sentar, deitar ou se abaixar e levantar-se segurando objetos pesados, a conhecida “forçada ou mau jeito nas costas”.


Inflamações e doenças inflamatórias como espondilite anquilosante, infecções, hérnia de disco, artrose, tumores, esforços repetitivos, excesso de peso, falta de condicionamento físico, pequenos traumas, posição não ergonômica durante o trabalho, escorregamento de vértebra além de causas emocionais. Pessoas idosas com mais de 60 anos sentem mais dores lombares devido aos problemas musculoesqueléticos decorrentes do envelhecimento.


Hérnia de disco


A hérnia de disco acontece quando há um rompimento do revestimento dos discos intervertebrais que são tecidos macios que possuem um material semelhante a um gel localizados entre as vértebras.


Esse rompimento acontece acontece devido a perda de flexibilidade e elasticidade dos discos causando o rompimento do revestimento causando a hérnia e pressionando os nervos espinhais (radiculopatia) ou a medula espinhal (mielopatia) causando as muitas dores no pescoço, dor irradiante nos braços, dores nos ombros e dormência ou formigamento nos braços ou mãos.


Artrose


A artrose é uma doença degenerativa das articulações da coluna vertebral decorrente do desgaste natural das vértebras. Grande parte da população sofre de artrose e pessoas acima dos 50 anos são mais propensas a desenvolver a doença.


A artrose causa dores na cabeça, pescoço e nas costas além de limitar movimentos básicos. Movimentos como virar a cabeça ou levantá-la para cima ou força-la para baixo podem causar dores.


Outro sintoma da artrose é a sensação de dormência ou formigamento dos braços, ombros e pescoço.


A artrose pode ser causada também por sobrepeso, má postura, tabagismo, doenças reumatológicas, enfraquecimento da musculatura que sustenta a coluna, genética, esforços repetitivos e sobrecarga de peso. Todos esses fatores podem causar inflamações nas vértebras causando a artrose.


A importância da Fisioterapia para a recuperação de dores na lombar


Buscando uma recuperação completa o fisioterapeuta pode promover o fortalecimento e recuperação das dores na lombar.


Venha fazer uma avaliação com um de nossos médicos fisiatras e fisioterapia para reforço muscular.


Para agendar um horário, basta entrar na “HOME” e preencher nosso formulário que nossa equipe entrará em contato com você. Ou, se preferir, basta entrar em contato pelo telefone 051 3051.8494!

7 visualizações
  • Vittal Fisio | Facebook
  • Branca Ícone Instagram